Alboi

Domingos João dos Reis, um aveirense falecido em 1933, apesar de oriundo de família humilde, conseguiu fazer fortuna e tornar-se um benemérito com notável obra altruísta. Uma das suas principais obras foi a criação do bairro do Alboi, 'edificando aí sessenta moradias, que arrendou a famílias modestas pelo prazo de vinte anos, findo o qual elas ficariam proprietárias dos edifícios' (Henrique Oliveira, Aveiro e Cultura, http://www.prof2000.pt/users/hjco/hjco/).
O Alboi foi, deste modo, um dos primeiros bairros sociais construídos em Portugal, tendo sido planeado com uma geometria muito particular, intimista, organizada à volta de um jardim central, que funciona, ainda hoje, como espaço de encontro e recreio da comunidade que ali habita e que a procura.

Ora é neste bairro que a autarquia aveirense, no âmbito do projecto Parque da Sustentabilidade, pretende construir um novo arruamento, que irá dividir o jardim central em dois, por onde vai passar uma parte do trânsito de atravessamento que hoje utiliza a Rua Magalhães Serrão (a via que divide o Alboi da Baixa de St. António). Para além disso, esta proposta considera ainda outros aspectos problemáticos, em particular uma drástica redução do estacionamento para os moradores.

Não é difícil imaginar que a construir-se esta via urbana o carácter intimista que o bairro dispõe se irá perder por completo, com prejuízo claro para os moradores, que já se manifestaram contra a proposta, e sem benefício perceptível ou conhecido.

Para além disso, esta proposta contraria os princípios aprovados na candidatura ao Parque da Sustentabilidade, havendo o risco de perda de financiamento para a execução deste projecto.

Os receios que vos transmito são partilhados por muitos aveirenses que se associaram a uma manifestação silenciosa na internet (http://www.facebook.com/Alboicortadoaomeio) que em poucos dias juntou mais de 600 pessoas!

Por todas estas razões espero e desejo que o bom senso prevaleça e que a autarquia reequacione esta proposta que, a ser concretizada, lesaria irreversivelmente o Alboi, a sua comunidade, a sua história e a cidade de Aveiro.

JCM
publicado por JCM às 13:17 | comentar | favorito